REVISTA M. - DOSSIÊ 18 (PRÁTICAS E DEVOÇÕES CEMITERIAIS): v. 9, n. 18, jul./dez. 2024

2022-03-18

DOSSIÊ 18: v. 9, n. 18, jul./dez. 2024

TEMA: Práticas e devoções cemiteriais

PRAZO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS: 31 de dezembro de 2022 

DIRETRIZES PARA AUTORES EM:  

http://seer.unirio.br/index.php/revistam/about/submissions#authorGuidelines

 

ORGANIZADO POR:

Gizele Zanotto - Universidade de Passo Fundo (UPF)

Mauro Dillmann – Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

 

CHAMADA:

As crenças materializadas em práticas e devoções cemiteriais têm tido amplo destaque nas últimas décadas não só como formas de investimento votivo, mas também como evidências para aprofundar a compreensão do humano em suas dinâmicas e interesses. Este dossiê volta-se ao aprofundamento da compreensão das múltiplas práticas, crenças e devoções públicas e privadas que se conformam nos espaços cemiteriais – compreendidos como lugares sagrados pelos seus devotos – assim como na materialização de agradecimentos, ex-votos e relatos de fiéis. Considerando o potencial interpretativo dos espaços cemiteriais, bem como das manifestações do crer nesses locais, agregaremos ao dossiê discussões teórico-metodológicas, empíricas e ensaísticas voltadas ao fenômeno cemiterial.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANDRADE JUNIOR, Lourival de. Milagreira Cigana Sebinca Christo: sublimação no catolicismo não-oficial brasileiro. Curitiba: Ed. CRV, 2021.

ANDRADE, Solange. Santo de cemitério: a devoção ao menino da Tábua (1978-1994). Maringá: Eduem, 2015.

CASSOL, Francielle Moreira. ‘Aqui jaz’: local de passagem, esquecimento ou exílio? In: MIRANDA, Fernando; ZANOTTO, Gizele (Orgs). A morte não é o fim: culturas e identidades no Cemitério Vera Cruz. Passo Fundo: Projeto Passo Fundo, 2018, p. 141-152.

MAIA, Michelle Ferreira. “Milagreiros”: um estudo sobre três santos populares no Ceará (1929-1978). Fortaleza: Premius, 2019.

SANTOS, Cícero Joaquim dos. A mística do tempo: narrativas sobre os mortos na região do Cariri/CE. 2017. Tese (Doutorado em História) – Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.

SANTOS, Conceição Aparecida dos. Como nascem os santos: o caso Maria Bueno. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2010.

ZANOTTO, Gizele. ‘Eis o meu campo santo...’: lugares de devoção no Cemitério Vera Cruz. In: MIRANDA, Fernando; ZANOTTO, Gizele (Orgs). A morte não é o fim: culturas e identidades no Cemitério Vera Cruz. Passo Fundo: Projeto Passo Fundo, 2018, p. 123-140.