Exercício Profissional e Serviço Social

os desafios de uma proposta extensionista.

Autores

  • Celeste Anunciata Baptosta Dias Moreira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Renata Gomes da Costa Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Marta Claudia da Silva de Oliveira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Rebeca Morais Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Palavras-chave:

Extensão Universitária; Estágio; Conhecimento; Educação Continuada.

Resumo

A universidade pública apresenta novos desafios na relação entre ensino, pesquisa e extensão. A política de extensão universitária exige a inclusão de novos temas para investigação e intervenção, a pactuação de novas possibilidades de acesso e a participação da comunidade acadêmica nas ações desta natureza. O projeto de extensão apresentado é uma estratégia que visa contribuir para qualificar profissionais em matéria de Serviço Social na perspectiva crítica, por meio da ampliação de conhecimento sobre temas relativos ao exercício profissional, à supervisão de estágio e, com isso, expandir espaços de educação continuada de profissionais– ação prevista no Código de Ética da profissão. O fortalecimento do Serviço Social na contemporaneidade exige investimento permanente em ações que favoreçam a valorização do projeto profissional coletivamente criado, com base nas referências normativas defendidas pela categoria e articulada à defesa dos direitos sociais.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celeste Anunciata Baptosta Dias Moreira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Assistente Social da Coordenação de Estágio da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Estado de Minas Gerais (UNIRIO) - Doutora em Serviço Social 

Renata Gomes da Costa, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Docente da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Doutora em Serviço Social 

Marta Claudia da Silva de Oliveira , Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Assistente Social colaboradora do Projeto de Extensão "Serviço Social e Direitos: Exercício Profissional e Planejamento no Âmbito das Políticas Públicas" da Escola de Serviço Social (UNIRIO). Graduada em Serviço Social

Rebeca Morais, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Discente da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Referências

ABEPSS. Diretrizes Gerais para o curso de Serviço Social. Rio de Janeiro, 1996.

______. Política Nacional de Estágio da ABEPSS. Brasília: ABEPSS, 2009. Disponível em: https://www.abepss.org.br/politica-nacional-de-estagio-da-abepss-11. Acesso em: 30 mar. 2022.

BRASIL. Presidência da República. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996: Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996.

ANDRADE, Rubya Mara Munhóz de; MOROSINI, Marília Costa; WIEBUSCH, Eloisa Maria. Desafios Contemporâneos da Extensão Universitária: da invisibilidade à curricularização. In: X Congresso Ibero Americano de Docência Universitária - CIDU, 10. Porto Alegre, 2018.

BATISTA, Zenilde Nunes; KERBAUY, Maria Teresa Micely. A Gênese da Extensão Universitária Brasileira no Contexto de Formação do Ensino Superior. Araraquara: RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação. v. 13. n. 3. jul./set. 2018. p. 916-930.

BERTOLLO, Kathiuça. Extensão universitária e curricularização da extensão: considerações sobre a formação em Serviço Social. Alemur, v. 6, p. 148-163, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufop.br/alemur/article/view/4613. Acesso em: 01 abr. 2022.

CAPUTI, Lesliane. Supervisão de estágio em Serviço Social: significâncias e significados. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 19, n. 3, p. 389-394, Dec. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-49802016000300389&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 dez. 2019.

CARDOSO, Priscila. (2016). 80 anos de formação em Serviço Social: uma trajetória de ruptura com o conservadorismo. Serviço Social & Sociedade. 430-455. 10.1590/0101-6628.079.

CFESS. Resolução n.533, de 29 de setembro de 2008: Regulamenta a supervisão direta de estágio em Serviço Social. Brasília: CFESS, 2008.

______. Código de Ética do/a Assistente Social. Brasília: CFESS, 2012.

COELHO, Marilene. Imediaticidade na prática profissional do assistente social. In: FORTI, Valéria; GUERRA, Yolanda (org.). Serviço Social: temas, textos e contextos. Coletânea nova de Serviço Social. Rio de Janeiro: Lumen Juris Editora, 2010.

DE MEDEIROS, Márcia Maria. A Extensão Universitária no Brasil – Um percurso histórico. Dourados: Revista Barbaquá/UEMS. v. 01. n. 01. p. 09-16. jan./jun. 2017.

DE MORAES FREIRE, Silene. Desafios da Extensão Universitária na Contemporaneidade. Revista Conexão UEPG, vol. 7, n. 1, jan./jun., 2011.

FACEIRA, Lobelia da Silva. O Processo de Formação Profissional em Serviço Social e a Extensão Universitária: avanços e desafios. Revista Raízes e Rumos, Rio de Janeiro. v. 1. n. 1. p. 44 – 98. jun. 2013.

FERRAZ, Anita Pereira. Serviço Social e extensão universitária: reflexões sobre formação profissional. 2019. 124 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.

FORPROEX. Fórum de Pró-Reitores das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras. Política Nacional de Extensão Universitária. Manaus. 2012. Disponível em:https://proex.ufsc.br/files/2016/04/Pol%C3%ADtica-Nacional-de-Extens%C3%A3o-Universit%C3%A1ria-e-book.pdf. Acesso em: 10 nov. 2021.

FRIZZO, Giovanni Felipe Ernst; MARIN, Elizara Carolina; SCHELLIN, Fabiane de Oliveira. A Extensão Universitária como elemento estruturante da universidade pública no Brasil. Currículo sem Fronteiras. v. 16. n. 3. 2016.

GADOTTI, Moacir. Extensão Universitária: Para quê?. Instituto Paulo Freire, 2017. Disponívelem:https://www.paulofreire.org/images/pdfs/Extens%C3%A3o_Universit%C3%A1ria_-_Moacir_Gadotti_fevereiro_2017.pdf. Acesso em: 28 fev. 2019.

IAMAMOTO, Marilda Villela. A formação acadêmico-profissional no Serviço Social brasileiro. Serv. Soc. Soc., São Paulo n. 120, p. 608-639, Dec.2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101- 66282014000400002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 dez. 2019.

IAMAMOTO, Marilda Villela& CARVALHO, Raul de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo: Cortez. 1982.

KOIKE, Maria Marieta. Formação profissional em Serviço Social: exigências atuais. In: Serviço Social: Direitos sociais e competências profissionais. Brasília:CFESS/ABEPSS, 2009.

LEONIDIO. Luciano Flávio da Silva. História do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras– FORPROEX (1987-2012). Recife. 2017.

LEWGOY, Alzira Maria Baptista. Supervisão de estágio em Serviço Social: desafios para a formação e exercício profissional. São Paulo: Cortez. 2009.

MARINHO, Cristiane Moraes; FREITAS, Helder Ribeiro; COELHO, France Maria Gontijo; NETO, Moisés Félix de Carvalho. Porque ainda falar e buscar fazer extensão universitária? Revista Mosaicum, 7(1), 121-140. 2019.

NETTO, José Paulo. A Construção do Projeto Ético-Político do Serviço Social. In: Serviço Social e Saúde. Formação e trabalho profissional. São Paulo: Cortez, 2006.

______, José Paulo. Ditadura e Serviço Social. 16ª ed. São Paulo: Cortez. 2011.

RIBEIRO, Mayra Rodrigues Fernandes; PONTES, Verônica Maria de Araújo; SILVA, Etevaldo Almeida. A Contribuição da Extensão Universitária na Formação Acadêmica: desafios e perspectivas. Revista Conexão UEPG. 2017. v. 13. n. 1. p. 52-65. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=514154370005. Acesso em: 25 mar. 2022.

TEIXEIRA, Joaquina Barata; BRAZ, Marcelo. O projeto ético-político do Serviço Social. Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais. Brasília (DF), 2009. Disponível em: http://www.abepss.org.br/arquivos/anexos/teixeira-joaquina-barata-braz-marcelo-201608060407431902860.pdf. Acesso em: 10 jun. 2018.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Baptosta Dias Moreira, C. A., Gomes da Costa, R. ., da Silva de Oliveira , M. C. ., & Morais, R. (2022). Exercício Profissional e Serviço Social: os desafios de uma proposta extensionista. RAÍZES E RUMOS, 10(1), 92–111. Recuperado de http://www.seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/11838