Gestão Educacional em tempo de pandemia: o que propõem as redes municipais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro?

Autores

  • Ana Cristina Prado Oliveira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO - Rio de Janeiro/RJ, Brasil). Professora do Departamento de Fundamentos da Educação (Unirio) e do PPGEdu Unirio. Doutora em Educação (PUC-Rio) http://orcid.org/0000-0002-0367-6669
  • Isabelle Premoli Parada
  • Laura Gabrielle Marques da Cruz

Resumo

Este artigo pretende apresentar os resultados de uma pesquisa exploratória acerca das medidas que os municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro empreenderam durante o período emergencial de isolamento social e suspensão de atividades escolares presenciais. É resultado de uma atividade de extensão remota da Escola de Educação da UNIRIO, promovida no âmbito da PROEXC, contribuindo para a expansão de conhecimentos de estudantes da graduação em pedagogia e da comunidade. Além de discutir as principais ações ou omissões das secretarias municipais de educação, buscou-se refletir sobre este tempo de exceção, onde a implementação de políticas públicas emergenciais locais se faz necessária, podendo atuar na redução das desigualdades educacionais (PIRES, 2018). Em um novo contexto educacional, encontramos diferentes encaminhamentos para as demandas emergentes e diferentes percepções dos envolvidos. A apresentação dos resultados iniciais em ciclos de debates pôde dar voz aos profissionais das redes, colaborando para o enriquecimento do estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

Oliveira, A. C. P., Parada, I. P., & Cruz, L. G. M. da. (2020). Gestão Educacional em tempo de pandemia: o que propõem as redes municipais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro?. RAÍZES E RUMOS, 8(2), 09–35. Recuperado de http://www.seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/10286