O uso do Instagram para divulgação das informações de um projeto de extensão sobre alimentação e nutrição de crianças menores de dois anos: o antes e durante a Covid-19.

Autores

  • Thaina Lobato Calderoni Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. http://orcid.org/0000-0002-4607-3569
  • Yasmin Ribeiro Lemos Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Isabella Rodrigues Braga Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Luyane Lima Silva Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Yasmim Garcia Ribeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Ana Carolina Carvalho Rodrigues Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Luana Silva Monteiro Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Naiara Sperandio Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.
  • Jane de Carlos Santana Capelli Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Resumo

A paralisação das atividades presenciais devido a pandemia da Covid-19 fez a equipe do projeto de extensão universitária “IACOL” utilizar o Instagram como o seu principal canal de comunicação com a população. O estudo visa analisar o uso de uma rede social por um projeto de extensão como estratégia de divulgação de temas sobre alimentação e nutrição de crianças menores de dois anos, antes e durante a pandemia da Covid-19. Realizou-se um estudo descritivo, utilizando-se as métricas disponíveis no Feed do Instagram. Antes da pandemia, cinco Eixos Temáticos foram postados; e, durante a pandemia, aumentou para treze. O Eixo Temático de maior alcance, curtidas e impressão foi a Alimentação complementar, no período anterior à pandemia. Durante a pandemia, o “Estudo de Caso de um Lactente” foi o mais curtido, e teve maior alcance e impressão. O Feed do Instagram revelou ser uma boa ferramenta de divulgação das ações de extensão universitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaina Lobato Calderoni, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).

Yasmin Ribeiro Lemos, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).


Isabella Rodrigues Braga, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).

 

Luyane Lima Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).

Yasmim Garcia Ribeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).

Ana Carolina Carvalho Rodrigues, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Graduanda do curso de Nutrição (UFRJ-Macaé).

Luana Silva Monteiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Docente do Curso de Nutrição da UFRJ-Macaé Campus Professor Aloísio Teixeira.

Doutora em Ciências Nutricionais (UFRJ).

Naiara Sperandio, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Docente do Curso de Nutrição da UFRJ-Macaé Campus Professor Aloísio Teixeira.

Doutora em Ciência da Nutrição (UFV).

Jane de Carlos Santana Capelli, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil.

Universidade Federal do Rio de Janeiro/Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira, Macaé/RJ, Brasil. 

Docente do Curso de Nutrição da UFRJ-Macaé Campus Professor Aloísio Teixeira.

Doutora em Ciências (ENSP/FIOCRUZ).

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

Calderoni, T. L., Lemos, Y. R., Braga, I. R., Silva, L. L., Ribeiro, Y. G., Rodrigues, A. C. C., Monteiro, L. S., Sperandio, N., & Capelli, J. de C. S. (2020). O uso do Instagram para divulgação das informações de um projeto de extensão sobre alimentação e nutrição de crianças menores de dois anos: o antes e durante a Covid-19. RAÍZES E RUMOS, 8(2), 314–324. Recuperado de http://www.seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/10271