A técnica de arranjo e transcrição de Johann Sebastian Bach

Pedro Rodrigues

Resumo


Resumo: a utilização de música não originalmente escrita para violão assume, actualmente, um papel fundamental para a multiplicidade de concepções de repertórios. O presente trabalho apresenta um levantamento de processos transcricionais usados por Johann Sebastian Bach em suas transcrições e arranjos. Este conjunto de técnicas permite encontrar alternativas às eventuais problemáticas levantadas durante a transcrição e simultaneamente, processos para manter inalterada a significação proposta pelo compositor. A análise apresentada deverá possibilitar a transcrição de obras onde a facies, diferente do texto original, não comprometerá a significatio proposta pelo seu compositor e, graças à análise histórica, emergir no futuro com novas criações. A constatação de elementos diferenciadores (ad exemplum timbre, cor, elaboração, redução, transposição) reforça a comparação de contrastes entre obra original e obra transcrita. Adicionalmente, este trabalho deseja reforçar a independência estética que se associa a cada uma das versões. Pretende-se assim uma maior conscientização do processo que poderemos chamar de transcricional para que o repertório violonístico alcance uma maior amplitude.

Palavras-chave: Transcrição. Arranjo. Violão. Barroco. Performance

 

Abstract: The use of music no originally written for guitar, has, nowadays, a main role in the construction of multiple repertories. This work presents an analysis of transcriptional processes used by Johann Sebastian Bach in his arrangements and transcriptions. The array of processes provides alternatives to eventual problems raised during the transcription elaboration and at the same time, options to maintain unaltered the musical intention proposed by the composer. The analysis should also allow the transcription of work to keep his musical signification. In a concomitant process, this historical analysis should permit new transcriptions. The awareness of differing elements, restates the contrasts between original and transcribed word. Additionally, this work wishes to reinforce the aesthetical independence associated to each of the versions. One intends a larger knowledge of the transcriptional process in order to enlarge the guitar repertoire.

 

Keywords:   Transcription. Arrangement. Guitar. Baroque. Performance

 

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2015 DEBATES - Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Música



Indexadores

 LATINDEX (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas

de América Latina, el Caribe, España y Portugal) (México)

RILM (Répertoire International de Littérature Musicale)
 

ISSN versão impressa: 1414-7939

ISSN versão eletrônica: 2359-1056