CARTOGRAFIA DO ENVELHECIMENTO NA PERFORMANCE BRASILEIRA

Autores

  • Marcelo Azevedo Asth UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO)- doutorado no Programação de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) http://orcid.org/0000-0001-6882-6392

Resumo

A pesquisa em andamento trata da realização de um mapeamento de ações em performance ocorrentes em território brasileiro, realizadas por idosos ou não-idosos, abordando questões do envelhecimento que se refletem na arte ou o papel dos mais velhos na manutenção de performances populares culturais e tradicionais em nosso país. O aprofundamento do conceito de performatividade auxilia em uma investigação sobre o teatro performativo que também abarca em cena questões da velhice e o uso do elemento autobiográfico como recurso cênico. Questões ligadas à realização de ações comunitárias e de engajamento social, cada vez mais recorrentes no cenário da arte contemporânea, são foco da pesquisa. palavras-chave: performance ; performatividade ; envelhecimento ; terceira idade ; velhice ; engajamento ; arte socialmente engajada ; arte comunitária

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Azevedo Asth, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO)- doutorado no Programação de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC)

Doutorando no Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da UNIRIO. Professor e performer.

Publicado

2017-12-15

Como Citar

Asth, M. A. (2017). CARTOGRAFIA DO ENVELHECIMENTO NA PERFORMANCE BRASILEIRA. Cadernos Virtuais De Pesquisa Em Artes Cênicas, 1(2), 61–64. Recuperado de http://www.seer.unirio.br/pesqcenicas/article/view/6739

Edição

Seção

XVII Colóquio