BeShort: Uma nova abordagem para encurtamento de URLs

Pedro Freitas, Wellington Dores, Fabricio Benevenuto

Resumo


Microblogs como o Twitter são sistemas sociais voltados unicamente para a postagem de mensagens com no máximo 140 caracteres. Com o grande uso de mensagens curtas na Web, o uso de encurtadores de URLs está se tornando cada vez mais comum. Sistemas encurtadores traduzem uma URL em uma nova URL, tipicamente com poucos caracteres, e redirecionam requisições à URL encurtada para a URL longa original. Apesar de extremamente eficiente, esses serviços podem introduzir atrasos para seus usuários e têm sido amplamente utilizados para esconder spam, phishing e malware. Esse trabalho apresenta o BeShort, um algoritmo para encurtamento de URLs capaz de evitar tais problemas. Nossa abordagem consiste em substituir partes frequentes de URLs (ex. ``www'' e ``.com.br'') por caracteres UTF-8, normalmente não utilizados em URLs. Para testar nossa abordagem, utilizamos uma base contendo 50 milhões de URLs de dois serviços encurtadores de URL bastante populares. Nossos resultados mostram que o BeShort consegue taxas de encurtamento tão eficientes quanto as taxas praticadas pelos
sistemas mais populares atuais.

Texto completo:

PDF


Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


iSys - Revista Brasileira de Sistemas de Informação - CESI/SBC
ISSN Eletrônico: 1984-2902