Burnout syndrome among university workers at the brazilian free frontier / Síndrome de burnout entre trabalhadores de uma universidade na fronteira franco brasileira

Fernanda Matos Fernandes Castelo Branco, Carlos Augusto Sampaio Côrrea, Carlos Manuel Sanchez Dutok, Tancredo Castelo Branco Neto

Resumo


Objetivo: estimar a prevalência da Síndrome de Burnout entre trabalhadores de uma universidade na fronteira franco brasileira e verificar os fatores associados.  Método: estudo transversal e descritivo realizado com 53 trabalhadores de uma universidade localizada na fronteira franco brasileira, através de formulários eletrônicos (google docs). Resultados: Predomínio do sexo masculino (56,6%), faixa etária de 30 a 39 anos (64,2%), solteiros (47,2%), se declaram pardos (49,1%), especialistas (34%) e sem filhos (75,5%). Destes, 26,4% indivíduos tem a possibilidade de desenvolver a síndrome, 37,8% estão em fase inicial da síndrome, 22,6% a síndrome começa a se instalar e 13,2% estar em uma fase considerável da síndrome, tendo como preditor a variável sexo (p=0,01). Conclusão: nenhum dos entrevistados pontuou na categoria (nenhum indício de Burnout), o que torna preocupante as condições de trabalhos que estão submetidos, sendo imperativo medidas preventivas que retardem ou impossibilitem o adoecimento mental dentre a população investigada.


Palavras-chave


Saúde do trabalhador; Universidades; Esgotamento profissional

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Carlotto MS. Prevenção da síndrome de burnout em professores: um relato de experiência. Mudanças – Psicologia da Saúde [Internet]. 2014 [acesso 2017 Out 10]; 22(1): 31-9. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MUD/article/view/4782/4383

França TLB, Oliveira ACBL, Lima LF, Melo JKFM, Silva RAR. Burnout syndrome: chacacteristics, diagnosis, risk factors and prevention. Rev.enferm UFPE on line. [Internet]. 2014 [acesso 2018 Jan 02]; 8(10):3539-46. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/10087/10538

Borba BMR, Diehl L, Santos AS, Monteiro JK, Marin AH. Síndrome de Burnout em professores: estudo comparativo entre o ensino público e privado. Psicol. argm. [Internet]. 2015 [acesso 2017 Nov 13]; 33(80): 270-81. Disponível em: http://www2.pucpr.br/reol/pb/index.php/pa?dd1=16146&dd99=view&dd98=pb

Carlotto MS. A síndrome de burnout e o trabalho docente. Psicologia em Estudo –Maringá [Internet]. 2002 [acesso 2017 Out 20]; 7(1):21-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/pe/v7n1/v7n1a03.pdf

Massa LDB, Silva TSS, Sá ISVB, Barreto BCS, Almeida PHTQ, Pontes TB. Síndrome de Burnout em professores universitários. Rev Ter Ocup Univ [Internet] 2016 [acesso 2017 Nov 2]; 27(2): 180-9. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rto/article/view/104978

Ferreira NN, Lucca SR. Síndrome de burnout em técnicos de enfermagem de um hospital público do Estado de São Paulo. Rev. bras. epidemiol. [Internet] 2015 [acesso 2018 Jan 2]; 18(1): 68-79. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2015000100068

Carlotto MS. Síndrome de Burnout em professores: prevalência e fatores associados. Psic.:Teor. e Pesq. [Internet] 2011 [acesso 2018 Jan 02]; 27(4): 403-10. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722011000400003

Hoffmann C, Zanini RR, Moura GL, Costa VM, Flores CE, Psicodinâmica do trabalho e riscos de adoecimento no magistério superior. Estud.av [Internet] 2017 [acesso 2018 Out 20]; 31(91): 257-276. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-884358

Prado RL, Bastianini ME, Cavalleri MZ, Ribeiro SFR, Pizi ECG, Marsicano JÁ. Avaliação da síndrome de Burnout em professores universitários. Revista da ABENO [Internet] 2017 [acesso 2018 Nov 8], 17(3): 21-19. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/409/319

Martinez FMB, Chacón GJC, Díaz-Aguado JMJ, Martínez AR. Teacher´s perceived disruption at school and related variables from teachers and shool functioning. The Spain Journal of Psychology [Internet] 2017 [acesso 2018 Nov 2], 20(67). Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-29198214

Menezes PCM, Alves ESRC, Araújo Neto AS, Davim RMB, Guaré RO. Síndrome de Burnout: avaliação de risco em professores de nível superior. Rev.enferm.UFPE on line [Internet] 2017 [acesso 2018 Out 20], 11(11): 4351-4259. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/bde-33369

Rodríguez MJM, Fernández DMJ. The effect of interpersonal relationships on Burnout síndrome in secondary Education teacher. Psicotherma (Oviedo) [Internet]: 2017 [acesso 2018 Nov 2], 29(3):370-377. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/ibc-165461

Silva AF, Mais MFM, Lima CAG, Guedes IT, Pedreira KC, Silva DAS et al. Fatores que prevalecem ao esgotamento profissional em professores. Cad.Bras. ter. Ocup [Internet] 2017 [acesso 2018 Nov 7], 25(2):333-339. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-876061

Araújo LMN, Rodrigues CCFM, Dantas SP, Santos NPA, Kisna YAm Santos VEP. Estrese no cotidiano universitário: estratégias de enfrentamento de docentes da saúde. Rev.pesqui.cuid.fundam (online) [Internet] 2016 [acesso 2018 Nov 2], 8(4): 4956-4964. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3946/pdf

Liorent VJ, Ruiz-Calzado I. El Burnout y las variables sociodemográficas em los profesionales de la educación que trabajan con personas com discapacidad em Córdoba (España). Ciênc. Saúde.Colet [Internet] 2016 [acesso 2018 Nov 2], 21(10):3287-3295. Disponível em: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-797036




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v12.8319 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.