Using the broken needle technique for peripheral venous puncture in assistance to premature newborn / Utilização da técnica broken needle para punção venosa periférica na assistência a recém-nascidos prematuros

Letícia Morais Pagano, Denis da Silva Moreira, Zélia Marilda Rodrigues Resck

Resumo


Objetivo: Compreender a utilização da técnica broken needle de punção venosa periférica na prática profissional de assistência a neonatos prematuros. Método: Estudo qualitativo realizado por meio de entrevista a profissionais da assistência neonatal submetida à Análise de Conteúdo segundo Bardin. Resultados: Foram identificadas as categorias: Percepções dos profissionais quanto aos benefícios da técnica broken needle para o neonato; e Aprendizado e vivência profissional da técnica broken needle. Conclusão: A transferência do conhecimento de um profissional ao outro favoreceu a incorporação da técnica na instituição. A equipe se preocupa em realizar técnicas que sejam menos agressivas ao neonato e, portanto realizam a broken needle porque acreditam que seja mais vantajosa e benéfica e não tenha efeitos adversos ao neonato. Os profissionais decidem qual técnica utilizar levando em consideração as características anatômicas e clínicas do neonato, a sua habilidade e segurança na execução.


Palavras-chave


Enfermagem; Enfermagem Neonatal; Coleta de Amostras Sanguíneas; Punções; Recém-Nascido Prematuro

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


ORGANIZAÇÃO MUDIAL DE SAÚDE – OMS. Nascimentos prematuros: nota descritiva. 2016 Nov. Disponível em: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs363/es/.

Nóbrega FS, Sakai L, Krebs VLJ. Procedimentos dolorosos e medidas de alívio em unidades de terapia intensiva neonatal. Rev med (São Paulo). 2007 out-dez;86(4):201-6.

Rodrigues EC, Cunha SR, Gomes R. “Perdeu a veia”: significados da prática da terapia intravenosa na unidade de terapia intensiva neonatal. Cienc saúde coletiva (online). 2012;17(4):989-99.

Marteleto CA, Ferreira SCM, Leitão RER, Valente GSC. A supervisão no processo de trabalho do enfermeiro: um olhar sobre a punção venosa periférica. Rev pesq cuid fundam (Online). 2010;2(3):1095-104. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/577.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações programáticas e estratégicas. Atenção à saúde do recém-nascido: guia para os profissionais de saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

Cardoso JMRM, Rodrigues EC, Rodrigues BMRD, Pacheco STA, Faria JCO. Rev RENE. 2011;12(2).

Hunt J, Donaldson N, Tizzard S, Rennie J. Three venepuncture techniques in babies: a comparative study. King’s College Hospital. 2001:1-23.

Oliveira ECV. A prática da punção venosa na coleta de sangue em recém-nascidos em um hospital público universitário [dissertação]. Uberaba: Universidade Federal do Triângulo Mineiro;2013.

Santos LM, Santana DM, Gomes TR, Santana RCB. Analysis of peripheral venous catheters fixation in premature newborns. Rev enferm UFPE on line. 2012;5(3).

Bardin L.Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2009.

Fonseca EFR, Christoffel MM, Rosa PAN. Nursing actions in venipuncture: minimizing the pain of the newborn. Rev pesq cuid fundam (Online).2010 abr-jun;2(2):947-57. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/578.

Sorrentino G, Fumagalli M, Milani S, Cortinovis I, Zorz A, Cavallaro G, et al. The impact of automatic devices for capillary blood collection on efficiency and pain response in newborns: a randomized controlled trial. Int j nurs stud. 2017;72:24-9.

Almeida ML, Segui MLH, Maftum MA, Labronici LM, Peres AM. Instrumentos gerenciais utilizados na tomada de decisão do enfermeiro no contexto hospitalar. Texto & contexto enferm. 2011;20:131-7.




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v12.6595 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.