Reunião de equipe: proposta de organização do processo de trabalho Team meeting: proposal for the work process organization

Main Article Content

Elitiele Ortiz dos Santos
Valéria Cristina Christello Coimbra
Luciane Prado Kantorski
Leandro Barbosa de Pinho
Ana Paula Müller de Andrade
Adriane Domingues Eslabão

Resumo

Objetivo: Conhecer a percepção dos trabalhadores de um Centro de Assistência Psicossocial (CAPS) sobre as reuniões de equipe. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa, com a utilização do referencial teórico metodológico de avaliação da quarta geração. Os dados foram coletados em um CAPS de Santa Catarina no ano de 2006, 2011 e 2014 através de entrevistas semiestruturadas, das observações de campo e grupos de reciclagem de dados. Resultados: A frequência diária dos espaços das reuniões de equipe possibilita um processo de interação, no qual os saberes e as informações são compartilhadas, e o grupo democraticamente decide os encaminhamentos necessários e planejam em conjunto as próximas ações assumindo corresponsabilidades com mais segurança no processo de trabalho. Conclusões: As reuniões de equipe são consideradas um espaço estratégico para os trabalhadores organizarem o processo de trabalho.Descritores: Serviços de Saúde Mental, Reforma dos Serviços de Saúde, Assistência Integral a Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Santos EO dos, Coimbra VCC, Kantorski LP, Pinho LB de, Andrade APM de, Eslabão AD. Reunião de equipe: proposta de organização do processo de trabalho Team meeting: proposal for the work process organization. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 11º de julho de 2017 [citado 28º de novembro de 2021];9(3):606-13. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/5564
Seção
Research
Biografia do Autor

Elitiele Ortiz dos Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Enfermeira. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, Rio Grande do Sul (RS), Brasil.

Valéria Cristina Christello Coimbra, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Pelotas/RS, Brasil.

Luciane Prado Kantorski, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Pelotas/RS, Brasil.

Leandro Barbosa de Pinho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Enfermeiro. Doutor em Enfermagem. Professor do Departamento em Enfermagem da UFRGS. Porto Alegre/RS, Brasil.

Ana Paula Müller de Andrade, Universidade Federal de Pelotas

Psicóloga. Pós doutoranda do Programa de Pós-Graduação de Enfermagem da UFPel. Pelotas/RS.

Adriane Domingues Eslabão, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFRGS. Porto Alegre/RS, Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>