O que os pacientes psiquiátricos pensam sobre parar de fumar? What do the psychiatric patients think about stop smoking?

Renata Marques Oliveira, Antonia Regina Ferreira Furegato

Resumo


Objetivo: Investigar a opinião de pacientes psiquiátricos sobre o melhor momento para tentarem parar de fumar, o que poderia ajudá-los e o conhecimento sobre os malefícios do tabaco. Método: Estudo exploratório com 96 fumantes, internados em psiquiatria. Entrevistas com questões abertas e teste de dependência nicotínica. Estatística descritiva e análise temática. Resultados: O melhor momento para parar de fumar divide opiniões: quando o transtorno mental está controlado, quando algo importante acontece e durante a internação. Para alguns, basta decidir parar, independente de momento. Pacientes relataram incentivo dos profissionais para continuarem fumando. Embora os malefícios sejam conhecidos, mecanismos psicológicos (negação/racionalização) interferem na decisão de parar. Conclusão: O tratamento do tabagismo deve ser integrado entre os serviços de saúde e conduzido por equipe multiprofissional, respeitando-se o momento de cada paciente.


Palavras-chave


Tabagismo; abandono do uso de tabaco; enfermagem psiquiátrica

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i2.441-450 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online



Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge