Prevalence of venous ulcers and associated factors among adults of a health center in Vitória da Conquista – BA

Main Article Content

Shirley Batista Oliveira
Daniela Arruda Soares
Patrícia da Silva Pires

Resumo

Objetivo:Estimar a prevalência de úlceras venosas e identificar os fatores sociodemográficos, comportamentais, de saúde, características da ferida e tratamento associados entre indivíduos adultos atendidos em um Centro de Saúde de Vitória da Conquista – BA. Métodos: Trata-se de um estudo transversal no qual foram estudados 42 indivíduos. As análises estatísticas foram feitas no Epi Info versão 3.5.3. Resultados: A prevalência de úlceras venosas foi de 83,3%, sendo maior no sexo feminino (95,5%). Os fatores que se mantiveram associados foram o sexo, morar acompanhado, diabetes, insuficiência venosa crônica, presença de dor, tempo de inicio da primeira úlcera e reincidência da ferida. Conclusão: Os resultados sugerem a necessidade de novas pesquisas para melhorar os registros nacionais acerca das úlceras venosas e viabilizar estratégias que garantam uma melhor assistência a saúde baseada em evidências científicas e clínicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Oliveira SB, Soares DA, Pires P da S. Prevalence of venous ulcers and associated factors among adults of a health center in Vitória da Conquista – BA. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de julho de 2015 [citado 18º de maio de 2022];7(3):2659-6. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3743
Seção
Research
Biografia do Autor

Shirley Batista Oliveira

Enfermeira. Especialista em Atenção Básica em Saúde da Família.

Daniela Arruda Soares, Universidade Federal da Bahia

Enfermeira. Doutora em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora Adjunta na UFBA - Campus Anísio Teixeira.

Patrícia da Silva Pires, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EE/USP). Professora Adjunta na UFBA - Campus Anísio Teixeira.

Plum Analytics