Fatores geradores da Síndrome de Burnout em profissionais da saúde Generating factors of Burnout Syndrome in health professionals

Main Article Content

Larissa Amorim Almeida
Isadora Dantas de Souza Medeiros
Adriana Gonçalves de Barros
Cláudia Cristiane Filgueira Martins
Viviane Euzébia Pereira Santos

Resumo

Objetivo: Identificar os fatores relacionados à Síndrome de Burnout em profissionais da saúde. Métodos: Pesquisa descritiva realizada através de uma revisão integrativa da literatura, com a coleta de dados realizada na biblioteca virtual BIREME. Resultados: Dos 410 artigos selecionados, apenas oito satisfaziam os critérios de inclusão. Estes referiam à Síndrome de Burnout em Agentes Comunitários de Saúde, em médicos da Estratégia Saúde da Família, profissionais de saúde mental, enfermeiros da Unidade de Tratamento Intensivo, trabalhadores de um hospital de média complexidade e em professores de Educação Física. A Síndrome referida aparece como consequência de um conjunto de fatores. Ela é vivenciada por trabalhadores que lidam diretamente com pessoas, sendo resultante do estresse crônico. Conclusão: A melhoria das condições de trabalho dos profissionais contribui para fornecer uma assistência de saúde mais apropriada aos profissionais com sinais da Síndrome de Burnout. Descritores: Burnout, profissional da saúde, saúde do trabalhador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Almeida LA, de Souza Medeiros ID, de Barros AG, Filgueira Martins CC, Pereira Santos VE. Fatores geradores da Síndrome de Burnout em profissionais da saúde Generating factors of Burnout Syndrome in health professionals. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 15º de julho de 2016 [citado 16º de junho de 2021];8(3):4623-8. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3469
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Larissa Amorim Almeida, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Especialista em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade Metropolitana de Ciências e Tecnologia. Natal-RN, Brasil.

Isadora Dantas de Souza Medeiros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Especialista em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade Metropolitana de Ciências e Tecnologia. Natal-RN, Brasil.

Adriana Gonçalves de Barros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestre em enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Coordenadora de enfermagem da unidade materno-infantil do Hospital Universitário Lauro Wanderley - UFPB. João Pessoa-PB, Brasil.

Cláudia Cristiane Filgueira Martins, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Professora Substituta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro do grupo de pesquisa Laboratório de Investigação do cuidado, segurança, tecnologias em saúde e enfermagem, UFRN. Natal-RN, Brasil.

Viviane Euzébia Pereira Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora adjunta do Departamento de Enfermagem e da pós-graduação em enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Líder do laboratório de investigação do cuidado, segurança e tecnologias em saúde e em enfermagem da PGENF-UFRN. Natal-RN, Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>