Aids as a disease of the others: an analysis of women’s vulnerability

Carla Marins Silva, Octavio Muniz da Costa Vargens

Resumo


Objetivo: Descrever a percepção das mulheres com relacionamento estável quanto à vulnerabilidade feminina para contrair aids. Métodos: Pesquisa descritiva, qualitativa, realizada em 2008 num Campus Universitário no Rio de Janeiro. Foram entrevistadas 15 mulheres autodeclaradas em relacionamento estável, de diferentes escolaridades, raças e religião. Atenderam-se às exigências do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa. Para análise dos dados utilizou-se a análise de conteúdo. Resultados: As entrevistadas consideram as mulheres em relacionamento estável vulneráveis por confiarem no parceiro, não usarem preservativos e pela falta de informação. Tabus e vergonha mostraram-se obstáculos para prevenção. Conclusão: Evidenciou-se que as entrevistadas reconhecem as outras mulheres como tendo sua vulnerabilidade aumentada uma vez que se excluem dos grupos vulneráveis. Portanto, um dos desafios para a prevenção e controle das AIDS é reverter esta baixa percepção em relação ao risco dessas mulheres. 

Palavras-chave


Saúde da mulher, Enfermagem, HIV, Vulnerabilidade, Gênero e saúde

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i4.3125-3134 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge