USE OF NURSING DIAGNOSES ANXIETY AND FEAR IN THE MEDICAL AND SURGICAL CLINICS OF A UNIVERSITY HOSPITAL

Eduardo Tavares Gomes, Renata Livia Alves de Souza Melo, Eliane Maria Ribeiro de Vasconcelos, Eloine Nascimento de Alencar

Resumo


Objetivos: Avaliar o uso dos Diagnósticos de Enfermagem Ansiedade e Medo na prática assistencial de enfermeiros das clínicas médica e cirúrgica de um hospital universitário. Métodos: Foi realizado um estudo exploratório utilizando um questionário para julgamento da relevância das características definidoras. Procedeu-se a análise baseada no método de Validação de Conteúdo proposto por Fehring adaptado. Resultados: As características definidoras principais para o uso do diagnóstico Ansiedade foram: Relato de incapacidade de relaxar (0,82), Insônia (0,81), Irritabilidade/Impaciência (0,81). Para o diagnóstico Medo, as características principais foram: Sentimento de pavor, medo, apreensão e alarme (0,83), Frequência Cardíaca aumenta (0,81), Tremores na Voz (0,81), Palpitação (0,80). Conclusão: Os resultados apontam que os enfermeiros pesquisados associam o medo a um episódio agudo, mais identificado por características fisiológicas. Reforça-se a importância da conscientização do enfermeiro da necessidade de diagnóstico e intervenção da ansiedade e medo.


Palavras-chave


Ansiedade; Medo; Diagnósticos de Enfermagem; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2012.v4i2.2419-2426 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge