SUBGÊNEROS DE METAL NO RIO DE JANEIRO A PARTIR DA DÉCADA DE 1980

Cláudia Azevedo

Resumo


A comunicação tenta esboçar, dentro do possível, em meio a numerosas interseções estéticas, diferenças e semelhanças entre os subgêneros de metal: heavy, power, thrash, prog, gótico, death, doom e black metal. No Rio de Janeiro, alguns destes subgêneros são cultivados desde a década de 1980 por bandas e público em circuitos não presentes nos meios de comunicação massivos. É feito um esboço do desenvolvimento cronológico da prática destes subgêneros na cidade, considerando o impacto do festival Rock in Rio 1, em janeiro de 1985, além das conseqüências, para o rock, do movimento punk de meados da década de 1970.

Abstract

This paper tries to outline, as possible, within various aesthetic intersections, differences and similarities among metal subgenres: heavy, power, thrash, prog, gothic, death, doom and black metal. In Rio de Janeiro, some of these subgenres have been adopted by bands and audiences, on underground basis, since the 1980’s. The study offers a sketch-map of the chronological development of these practices in the city, taking into account the impact of the Rock in Rio 1 festival and, also, the consequences of the punk movement of the mid 1970’s to rock music.

Palavras-chave


heavy metal, power metal, thrash metal, prog metal, death metal, black metal, doom metal, metal gótico, underground, Rock in Rio 1, punk, metal no Rio de Janeiro



Indexed by RILM (Répertoire International de Littérature Musicale)