Freireanas categories in nursing undergraduate education: integrative literature Review / Categorias freireanas no ensino de graduação em enfermagem: revisão integrativa da literatura

Main Article Content

Camila Rodrigues Barbosa Nemer
http://orcid.org/0000-0003-1252-3709
Marlucilena Pinheiro da Silva
http://orcid.org/0000-0002-8662-9621
Ingrid Souza Reis Santos
http://orcid.org/0000-0002-8131-8795
Larissa Duarte Ferreira
http://orcid.org/0000-0001-7717-4891
Raissa dos Santos Flexa
http://orcid.org/0000-0002-3417-2623
Elizabeth Teixeira
http://orcid.org/0000-0002-5401-8105

Resumo

Objetivo: identificar as principais publicações relacionadas às categorias Freireanas no ensino de graduação em enfermagem. Método: revisão Integrativa de literatura a partir da busca nas bases Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica, Base de Dados de Enfermagem. Obteve-se 482 estudos, destes apenas 13 atendiam aos critérios de inclusão. Resultados: as categorias emergentes foram: diálogo e autonomia; tomada de consciência com vistas a formação de sujeitos críticos, reflexivos e participantes; metodologia da problematização para uma educação humanizante e um cuidar humanizado. Conclusão: conclui-se que a incorporação das categorias Freireanas no ensino de enfermagem é fundamental para um ensino com travessias dialógicas. Tal incorporação tece uma educação humanizante, caminho para o cuidado humanizado do discente/futuro profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Barbosa Nemer CR, da Silva MP, Santos ISR, Ferreira LD, Flexa R dos S, Teixeira E. Freireanas categories in nursing undergraduate education: integrative literature Review / Categorias freireanas no ensino de graduação em enfermagem: revisão integrativa da literatura. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de maio de 2021 [citado 28º de novembro de 2021];12:1157-64. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8023
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Camila Rodrigues Barbosa Nemer, Universidade Federal do Amapá e Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/FIOCRUZ

Enfermeira.Doutoranda em Saúde Pública – Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/FIOCRUZ. Professora do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Amapá.  Macapá-Amapá-Brasil.

Marlucilena Pinheiro da Silva, Universidade Federal do Amapá

Enfermeira.Doutorado em Educação. Professora do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Amapá. Macapá-Amapá-Brasil.

Ingrid Souza Reis Santos, Universidade Federal do Amapá

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Amapá. Macapá-Amapá-Brasil.

Larissa Duarte Ferreira, Universidade Federal do Amapá

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Amapá. Macapá-Amapá-Brasil.

Raissa dos Santos Flexa, Universidade Federal do Amapá

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Amapá. Macapá-Amapá-Brasil.

Elizabeth Teixeira, Universidade do Estado do Amazonas

Enfermeira. Doutorado em Ciências: Desenvolvimento Sócio Ambiental. Professora visitante da Universidade do Estado do Amazonas e Professora Adjunta do Centro Universitário Luterano de Manaus. Manaus-Amazonas-Brasil.

Plum Analytics

Referências

Freire P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 47ª ed. São Paulo: Paz e Terra; 2011.

Szewczyk MSC, Lopes FL, Cestari MEC, Santos SSCS, Lunardi VL. Refletindo sobre a educação e o trabalho da enfermagem à luz das ideias de Paulo Freire: a possibilidade de um novo olhar para a educação. Ciênc cuid saúde. 2005; 4(3):276-283. Available from: http://eduem.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/viewFile/5209/3363

Silveira CA, Paiva SMA. A evolução do ensino de enfermagem no Brasil: uma revisão histórica. Ciênc cuid saúde. 2011; 10(1):176-183. Available from: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/6967/pdf

Conselho Nacional de Educação (Br), Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES nº. 3, de 7 de novembro de 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Diário Oficial da União. Seção 1. 2001. Available from: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES03.pdf

Ganong LH. Integrative reviews of nursing research. Res Nurs Health. 1987; 10(1):1-11.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto enferm. 2008; 17(4):758-764. Available from: http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/18.pdf

Souza MT, Silva MD, Carvalho S. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo). 2010; 8(1):102-6. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1679-45082010000100102&script=sci_arttext&tlng=pt

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Making the case for evidence-based practice. In: Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare. A guide to best practice. Philadelphia: Lippincot Williams & Wilkins; 2005. p.3-24.

Backes VMS. Expressões do conhecimento didático do conteúdo de um professor experimentado de enfermagem. Texto & contexto enferm. 2013; 22(3):804-810. Available from: http://www.scielo.br/pdf/tce/v22n3/v22n3a29.pdf

Silva APSS, Pedro ENR. Autonomia no processo de construção do conhecimento de alunos de enfermagem: o chat educacional como ferramenta do ensino. Rev latinoam enferm . 2010 ;18(2):72-78. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v18n2/pt_11.pdf

Moretti-Pires RO, Bueno SMV. Relação docente-discente em Enfermagem e problemas na formação para o Sistema Único de Saúde. Acta Paul Enferm. 2009; 22(5):645-651. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ape/v22n5/08.pdf

Souza NVDO, Silva MF, Cruz EJER, Santos MS. Pedagogia problematizadora: o relacionamento interpessoal dos internos de enfermagem no Contexto hospitalar. Rev enferm UERJ. 2007; 15(1): 27-32. Available from: http://www.facenf.uerj.br/v15n1/v15n1a04.pdf

Freire P. Pedagogia do oprimido. 50ª ed. São Paulo: Paz e Terra; 2011.

Cyrino EG, Toralles-Pereira ML. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizagem por descoberta na área da saúde; a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cad Saúde Pública (Online) . 2004 ;20(3):780-788. Available from: http://www.scielo.br/pdf/csp/v20n3/15.pdf

Costa CPV, Luz MHBA. Objeto virtual de aprendizagem sobre o raciocínio diagnóstico em enfermagem aplicado ao sistema tegumentar. Rev Gaúch Enferm (Online). 2015; 36(4):55-62. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v36n4/pt_1983-1447-rgenf-36-04-00055

Marques MD, Lopes Júnior LC, Bomfim EO, Gomes CPML, Pavelqueires S. O ensino de primeiros socorros sob a ótica de um currículo de orientação problematizadora. Rev pesqui cuid fundam (Online) . 2014 ;6(4):1485-1495. Available from: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3240/pdf_847

Maia NMFS, Nunes BMVT, Moura MEB. A participação discente no desenvolvimento do projeto pedagógico do curso de Enfermagem. Invest Educ Enferm. 2013; 31(2):183-190. Available from: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-53072013000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Burgatti JC, Bracialli LAD, Oliveira MAC. Problemas éticos vivenciados no estágio curricular supervisionado em Enfermagem de um currículo integrado. Rev Esc Enferm USP. 2013; 47(4):937-942. Available from: http://www.revistas.usp.br/reeusp/article/view/78045/82067

Santana MS, Gomes Filho DL, Santana N. Abordagens da educação popular na Graduação em enfermagem: uma realidade? Rev baiana enferm. 2012; 26(1):363-373. Available from: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/view/6442/5986

Soares MH, Bueno SMV. Diagnóstico do processo de ensino-aprendizagem identificado por alunos e professores de graduação em Enfermagem. Ciênc cuid saúde. 2005; 4(1):47-56. Available from: http://eduem.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/5369/3427

Chirelli MQ, Mishima SM. O processo ensino-aprendizagem crítico-reflexivo. Rev Bras Enferm. 2014; 57(3):326-331. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v57n3/a14v57n3.pdf

Freire P. Educação e Mudança. 31ª ed. São Paulo: Paz e Terra; 2008.

Colombo AA, Berbel NAN. A metodologia da problematização com o arco de maguerez e a sua relação com os saberes de professores. Semina Ciênc Soc Hum. 2007; 28(2):121-146. Available from: http://www.sgc.goias.gov.br/upload/links/arq_390_ametodologiadaproblematizacaocomoarcodemaguerez.pdf

Miranda KCL, Barroso MGT. A contribuição de Paulo Freire à prática e educação crítica em enfermagem. Rev latinoam enferm. 2004; 12(4):631-635. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v12n4/v12n4a08.pdf

Moretti-Pires RO, Alencar AKB, Campos ERH, Oliveira HM. Potencialidades da problematização freiriana no ensino de “didática em enfermagem”. Cogitare enferm. 2010; 15(2):308-313. Available from: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/17866/11658

Berardinelli LMM, Santos I, Giron MN, Santos VC, Marinho DS. Da prática de pesquisa à prática de formação para o cuidado de enfermagem: um estudo de caso. Online Braz J Nurs. 2009; 8(3). Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.1676-4285.2009.2509/546

Chagas NR, Ramos IC, Da Silva LF, Monteiro ARM, Fialho AVM. Cuidado crítico e criativo: contribuições da educação conscientizadora de Paulo Freire para a enfermagem. Ciencia y Enferm . 2009 ;15(2):35-40. Available from: https://scielo.conicyt.cl/pdf/cienf/v15n2/art05.pdf

Heidemann IBS, Boehs AE, Wosny AM, Stulp KP. Incorporação teórico-conceitual e metodológica do educador Paulo Freire na Pesquisa. Rev Bras Enferm. 2010; 63(3):416-20. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n3/a11v63n3.pdf