Acesso de primeiro contato na atenção primária à saúde para crianças de 0 a 9 anos First contact access in primary health care for children from 0 to 9 years old

Main Article Content

Jocasta Maria Oliveira Morais
Fátima Raquel Rosado Morais
Cintia Mikaelle Cunha Santiago

Resumo

Objetivo: identificar o seguimento do princípio da atenção primária acesso de primeiro contato, em unidades básicas de saúde da família, no cuidado de saúde para crianças de zero a nove anos. Métodos: Pesquisa descritiva, com delineamento transversal e abordagem quantitativa dos dados, realizada em oito Unidades Básicas de Saúde da Família – UBSF de Mossoró-RN. Para coleta de dados utilizou-se questionário validado no Brasil denominado de Instrumento de Avaliação da Atenção Primária na versão infantil (PCATool infantil). O instrumento foi aplicado com as mães das crianças cadastradas nas áreas de abrangência das equipes de saúde selecionadas para a pesquisa. Resultados: Considera-se fundamental repensar os aspectos que se mostraram insuficientes para garantir a presença e extensão do atributo Acesso de Primeiro Contato nas UBSF’s pesquisadas. Conclusão: As melhorias requerem mudanças tanto em elementos estruturais e processuais para oferecerem Atenção Primária à Saúde na qualidade que se propõe desde a sua criação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Oliveira Morais JM, Morais FRR, Santiago CMC. Acesso de primeiro contato na atenção primária à saúde para crianças de 0 a 9 anos First contact access in primary health care for children from 0 to 9 years old. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 11º de julho de 2017 [citado 7º de julho de 2022];9(3):848-56. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/5575
Seção
Research
Biografia do Autor

Jocasta Maria Oliveira Morais, UNIVERSIDADE POTIGUAR-UNP

Docente da Universidade Potiguar - UNP. Mestre em Saúde e Sociedade pelo Programa de Pós-graduação em Saúde e Sociedade - PPGSS da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.

Fátima Raquel Rosado Morais, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN

Docente da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. Doutora em Psicologia Social.

Cintia Mikaelle Cunha Santiago, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN

Professora substituta na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. Mestre em Saúde e Sociedade pela UERN.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)