O conhecimento de discentes de enfermagem sobre uso de plantas medicinais como terapia complementar Nursing students knowledge on use of medicinal plants as supplementary therapy

Main Article Content

Marcio Rossato Badke
Elisa Vanessa Heisler
Silvana Ceolin
Andressa de Andrade
Maria de Lourdes Denardin Budó
Rita Maria Heck

Resumo

Objetivo: investigar o conhecimento de discentes de enfermagem sobre o uso de plantas medicinais como terapia complementar no cuidado à saúde. Método: Pesquisa qualitativa, realizada por meio de entrevista semiestruturada com oito acadêmicos de enfermagem de uma Universidade Federal do Rio Grande do Sul em outubro de 2012. Na análise de conteúdo, emergiram três temas: “aprendi em família”; “conheço a utilização das plantas” e “uso as plantas em casa, mas não estímulo em campo prático”. Resultados: O conhecimento dos discentes referente ao uso de plantas medicinais é de origem popular. Observou-se a insegurança que os graduandos possuem frente à atuação como futuros profissionais nas orientações referentes ao uso das plantas medicinais, apontando a necessidade de avançar no ensino de enfermagem. Conclusão: Destaca-se a necessidade de revisão nos currículos para que deem suporte sobre o tema, com vistas à promoção da saúde e a integralidade do cuidado.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Badke MR, Heisler EV, Ceolin S, Andrade A de, Budó M de LD, Heck RM. O conhecimento de discentes de enfermagem sobre uso de plantas medicinais como terapia complementar Nursing students knowledge on use of medicinal plants as supplementary therapy. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 11º de abril de 2017 [citado 7º de julho de 2022];9(2):459-65. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/5442
Seção
Research
Biografia do Autor

Marcio Rossato Badke, Universidade Federal de Santa Maria

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem, Doutorando da FEn/UFPel, Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. E-mail: marciobadke@gmail.com

Elisa Vanessa Heisler, Universiadade Federal de Santa Maria

Enfermeira, Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria - PPGenf- UFSM. E-mailelisa.vanessa@yahoo.com.br

Silvana Ceolin, Universidade Federal de Pelotas/RS -UFPel

Enfermeira. Doutoranda em Enfermagem do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Enfermagem da Faculdade de Enfermagem (FEn) - Universidade Federal de Pelotas/RS (UFPel). E-mail: silvanaceolin@gmail.com

Andressa de Andrade, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM

Enfermeira, Mestre em Ciências da Saúde, Professora Assitente do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Santa Maria  – UFSM. E-mail: andressaufsm@gmail.com  

Maria de Lourdes Denardin Budó, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM

 Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Docente do Departamento e Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. E-mail: lourdesdenardin@gmail.com

Rita Maria Heck, Universidade Federal de Pelotas/RS -UFPel

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Associada da FEn/UFPel. E-mail: rmheckpillon@yahoo.com.br

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>