Causes for the discards of corneas collected by the ocular tissues bank from Rio Grande do Norte

Main Article Content

Izaura Luzia Silvério Freire
Rhayssa de Oliveira e Araújo
Quinidia Lúcia Duarte de A. Q. de Vasconcelos
Bruno Araújo da Silva Dantas
Micheline da Fonseca Silva
Gilson de Vasconcelos Torres

Resumo

Objetivo: Identificar as causas dos descartes de córneas no banco de tecidos oculares do Rio Grande do Norte. Métodos: Estudo exploratório descritivo, com dados retrospectivos e abordagem quantitativa, realizado no banco de tecidos oculares do Rio Grande do Norte. As informações foram coletadas por meio de instrumento contendo: número de córneas preservadas, transplantadas e descartadas; causas dos descartes. Resultados: Das 548 córneas captadas, 78,1% foram preservadas e 21,9% descartadas. As causas prevalentes dos descartes foram: infiltrado estromal, sorologia positiva e validade inspirada. Conclusão: Os profissionais da saúde devem diminuir a perda de córneas por motivos evitáveis.

 

Descritores: Transplante de córnea; doadores de tecidos; preservação de tecido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Freire ILS, Araújo R de O e, Vasconcelos QLD de AQ de, Dantas BA da S, Silva M da F, Torres G de V. Causes for the discards of corneas collected by the ocular tissues bank from Rio Grande do Norte. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de janeiro de 2015 [citado 28º de setembro de 2022];7(1):1867-74. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3466
Seção
Research
Biografia do Autor

Izaura Luzia Silvério Freire, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Professora da Escola de Enfermagem de Natal/UFRN. 

Rhayssa de Oliveira e Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-graduação do departamento de enfermagem da UFRN. Bolsista CAPES/DS. Membro do gupo de pesquisa Incubadora de Procedimentos em Enfermagem.

Quinidia Lúcia Duarte de A. Q. de Vasconcelos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem PPGEnf/UFRN, bolsista CAPES/DS.

Bruno Araújo da Silva Dantas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Acadêmico de Enfermagem. Bolsista interno do Grupo de Pesquisa Incubadora de Procedimentos em Enfermagem do departamento de enfermagem da UFRN.

Micheline da Fonseca Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Acadêmica de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro do grupo de pesquisa Incubadora de Procedimentos de Enfermagem/UFRN. Bolsista PIBIC/CNPq. Natal/RN, Brasil.

Gilson de Vasconcelos Torres, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeiro. Pós-Doutor em Enfermagem. Professor Titular do Departamento de Enfermagem e dos Programas de Pós-Graduação em Enfermagem e do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Pesquisador CNPq PQ2. Natal/RN, Brasil. 

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>