Perceptions of the bearers of HIV/AIDS before the inability to breastfeeding

Main Article Content

Jucimar Frigo
Simony Silveira
Sandra Mara Marin
Maria de Jesus Hernández Rodriguez
Denise Antunes de Azambuja Zocche
Fernanda Fabiana Ledra

Resumo

Objetivo: Conhecer as percepções das portadoras de HIV/aids perante impossibilidade de amamentação. Métodos: Trata-se de estudo qualitativo descritivo e exploratório realizado em um Hospital Dia, de referência no estado de Santa Catarina, em 2012. A técnica de coleta utilizada foi à entrevista semi-estruturada aberta conforme Minayo1. Resultados: Os sujeitos de pesquisa apresentaram faixa etária predominante foi entre 27 a 38 anos. A experiência de não amamentar, foi para as mulheres uma experiência penosa e emocionalmente desgastante, e criaram um modo de satisfazer a amamentação simbólica idealiza da por elas durante o ato de amamentar, substituindo o significado da amamentação fisiológica. Conclusão: Deste modo, a enfermagem precisa além do cumprimento de protocolos a respeito da inibição da lactação, compreender e estimular a amamentação simbólica, criada pelas mulheres, além dos aspectos biológicos, os emocionais, sociais e culturais que circundam a mulher. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Frigo J, Silveira S, Marin SM, Rodriguez M de JH, Zocche DA de A, Ledra FF. Perceptions of the bearers of HIV/AIDS before the inability to breastfeeding. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 28º de março de 2014 [citado 26º de setembro de 2022];6(2):627-36. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3091
Seção
Research
Biografia do Autor

Jucimar Frigo, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade do Contestado (1998). Mestrado em Terapia Intensiva pela Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva - SP (2011). Concluído em dezembro de 2011, disciplina Isolada do Doutorado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Políticas públicas na atenção à saúde da mulher e do recém-nascido. Atualmente é docente da Universidade do Estado de Santa Catarina e da Faculdade de Tecnologia SENAC- Chapecó. Em curso especialização em Didática na Docência Superior pela Faculdade de Tecnologia SENAC- Chapecó.

Simony Silveira, UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui graduação em ENFERMAGEM pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2012). Com ênfase em saúde publica. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Publica. Realizando pós graduação pela CENSUPEG em Obstetricia e ginecologia e realizando pós Graduação em Oncologia CENSUPEG. Tecnica em enfermagem desde 2008, Atualmente enfermeira do Hospital São José de Maravilha.

 

 

Sandra Mara Marin, Universidade do Estado de Santa Catarina -UDESC

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia com Licenciatura Plena em Enfermagem pela Universidade Federal de Pelotas (1997). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem pela UFRGS. Membro do Núcleo de Estudos em Educação, Saúde, Família e Comunidade da Escola de Enfermagem NEESFAC cadastrado no CNPQ. Membro integrante de equipe do projeto de Avaliação dos projetos e obras relacionados à Copa do Mundo FIFA 2014 na cidade-sede de Porto Alegre-RS- CNPQ Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica em Projetos Assistenciais em Enfermagem pela UFPEL (1999). Especialista em Formação Pedagógica em Educação Profissional na Área da Saúde- FIOCRUZ (2005). Especialização em Administração Hospitalar e Serviços de Saúde pela Universidade do Oeste Catarinense (2010). Coordenadora de Enfermagem e da Equipe de Captação de Órgãos do Hospital Unimed Chapecó de 02/2006 a 08/2010. Docente pela Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC -CEO Graduação em Enfermagem desde 08\2008 Docente Serviço Nacional do Comércio SENAC \SC desde 03\2003 Docente Pós Graduação CENSUPEG desde 09\2011

Maria de Jesus Hernández Rodriguez, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade iquitos Peru (2003), mestrado em Mestrado Em filosofia da Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2012) . Foi coordenadora do Centro de saúde Materno Infantil Progreso Iquitos - Peru. Encargada dos Programas: Materno Peri natal, Planejamento Familiar, Saúde do Escolar e Adolescente,Desde 2003 a 2004.Coordinadora de Centro de referências de infecções de transmissão sexual e HIV /Aids do Centro de Saúde São Jãoa do 2005 a 2008 Iquitos, Peru. Encargada da área em enfermagem do Instituto Peruano de Paternidade Responsavel e capacitadora de professores e adolescente desde 2005 a 2008.Tem experiência na área de enfermagem obstetrica, manejo dos servicios de consultorio clínico e consejera na área de Infecções de Transmissão Sexual e HIV/Aids , assistencia com grupos de poblações vulneraveis .Atualmente doutoranda em Filosofia da Saúde em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina, inserida no Grupo de Pesquisa em Enfermagem à Saúde da Mulher e do Recém-Nascido (GRUPESMUR).

Denise Antunes de Azambuja Zocche, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994), graduação em Licenciatura Em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006), Doutoranda em Enfermagem na Universidade Federal do Rio Grande do Sul ( 2010).Coordenou de 2007 a outubro de 2010 o Curso de Graduação em Enfermagem do Centro Universitário Metodista do Ipa, tendo participado como membro do Comitê de Avaliação Institucional e do Comitê de ética. Coordenou o Departamento de Educação Profissional em Saúde ligada a Escola de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul ( 2011-2012). Coordena o Fórun das Escolas do RS na ABEn-RS como Diretora de Educação (2010-2013).Pesquisadora colaboradora do Núcleo de Educação, Avaliação e Produção Pedagógica em Saúde (Educasaúde) na FACED/UFRGS.

Fernanda Fabiana Ledra, Secretaria Municipal de Saúde -Chapecó

Possui graduação em psicologia pela Universidade do Vale do Itajaí (1998). Mestre em Gestão do Trabalho e Educação na Saúde pela ENSP/FIOCRUZ. Especialista em Gestão do Trabalho e Educação na Saúde pela ENSP/FIOCRUZ/RJ e Gestão Estratégica do Conhecimento Organizacional pela FIE. Mestrado em Administração com defesa em maio de 2012, . Atualmente é Gerente do Setor de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Chapeco e Professora de graduação e pós graduação nas disciplinas na área de Psicologia, Gestão de Pessoas e Saúde Pública. Tutora do Curso EAD do NESCON/UFMG

Plum Analytics