Care to children with cleft lip-palate: an integrative review

Main Article Content

Kelen Cristina Ramos dos Santos
Márcia Luciane da Silva Bohn
Giordana de Cássia Pinheiro da Motta
Eveline Franco da Silva
Elisiane Lorenzine

Resumo

Objetivo: Analisar a produção científica que aborda os cuidados à criança com fissura labiopalatina. Método: Pesquisa bibliográfica do tipo revisão integrativa da literatura. As buscas foram realizadas nas bases de dados BDEnf, LILACS e SciELO. Resultados: Foram analisados 11 artigos que atenderam aos critérios de inclusão, publicados de 2000 a 2011. Quanto à área de conhecimento do principal autor de cada estudo, compreenderam três artigos da odontologia, três da medicina, três da enfermagem e dois da nutrição. Os estudos abordaram cuidados alimentares, odontológicos, equipe multiprofissional, abordagem às mães, pós-operatório e protocolos de atendimento. Conclusão: A equipe de enfermagem e, sobretudo o enfermeiro, tem papel relevante na assistência à criança com fissura labiopalatina. Ressalta-se a integração da equipe multidisciplinar e a visão holística do cuidado a fim de proporcionar melhorias na qualidade de vida das crianças portadoras de fissura labiopalatina. Descritores: Fissura palatina, fenda labial, Cuidado do lactente, Cuidado da criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Santos KCR dos, Bohn ML da S, Motta G de CP da, Silva EF da, Lorenzine E. Care to children with cleft lip-palate: an integrative review. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 27º de janeiro de 2014 [citado 28º de setembro de 2022];6(1):425-32. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/2953
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Kelen Cristina Ramos dos Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Enfermeira. Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Membro do grupo de estudos Cuidado à Saúde nas Etapas da Vida (CEVIDA/UFRGS).

Márcia Luciane da Silva Bohn, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Enfermeira. Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Giordana de Cássia Pinheiro da Motta, Universidade Federal do rio Grande do Sul

 Enfermeira neonatóloga. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Membro do Grupo de Estudos da Mulher e do Bebê (GEMBE/UFRGS). Enfermeira do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

Eveline Franco da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Enfermeira obstetra. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Membro do Grupo de Estudos da Mulher e do Bebê (GEMBE/UFRGS). Docente do curso de Enfermagem da Faculdade Nossa Senhora de Fátima (FÁTIMA).

Elisiane Lorenzine, Faculdade Nossa Senhora de Fátima

Enfermeira. Mestre em Ciências da Saúde pela Fundação Universitária de Cardiologia do Rio Grande do Sul (IC/FUC-RS). Docente da Faculdade Nossa Senhora de Fátima (FÁTIMA).

Plum Analytics