THE WEARING RELATED TO WORK IN THE PERSPECTIVE OF NURSES OF PRE-HOSPITAL CARE

Main Article Content

Claudia Cristiane Filgueira Martins
Alcivan Nunes Vieira
Fátima Raquel Rosado Morais

Resumo

Objetivo: Identificar como enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel às Urgências (SAMU) percebem o desgaste relacionado ao trabalho cotidiano. Metodologia: Estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizado através de entrevistas com enfermeiros que atuam no SAMU e cujos dados foram analisados a luz da análise do discurso. Resultados: Dos discursos emergiram os núcleos de sentido: natureza do serviço; ausência de condições de trabalho; desgaste físico e emocional e risco para a vida profissional. O desgaste foi caracterizado como inerente à natureza do serviço, por lidar com situações de vida e morte, favorecendo estresse físico e emocional. Foi ainda associado aos múltiplos vínculos empregatícios, às condições e as jornadas de trabalho, situações que dificultam atuações resolutivas e potencializam riscos de acidentes para o trabalhador. Conclusões: O desgaste no trabalho, entendido de modo não reflexivo, é naturalizado como inerente a sua dinâmica, mesmo que gere redução do potencial de vida desses profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Martins CCF, Vieira AN, Morais FRR. THE WEARING RELATED TO WORK IN THE PERSPECTIVE OF NURSES OF PRE-HOSPITAL CARE. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 27º de junho de 2011 [citado 29º de junho de 2022];3(2):2024-32. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/1375
Seção
Research
Biografia do Autor

Claudia Cristiane Filgueira Martins, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Mossoró/RN.

Alcivan Nunes Vieira, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Enfermeiro. Mestre em Cuidados Clínicos em Enfermagem pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professor Assistente do Departamento de Enfermagem (DEN) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Mossoró/RN.

Fátima Raquel Rosado Morais, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Doutora em Psicologia Social pela UFRN/UFPB. Professora Adjunta do Departamento de Enfermagem (DEN) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Mossoró/RN.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)